Publicidade on-line: Como criar publicidade on-line eficaz

Publicidade on-lineA publicidade on-line é uma das maneiras mais eficazes para empresas de todos os tamanhos expandirem seu alcance, encontrar novos clientes e diversificar seus fluxos de receita.

Com tantas opções disponíveis – de PPC e social pago a publicidade on-line e anúncios no aplicativo – a publicidade on-line pode ser intimidadora para os novatos, mas não precisa ser. O blog popular facilita a publicidade on-line e ajudamos milhares de empresas a crescer, aproveitando o poder da pesquisa paga e da publicidade social paga.

Publicidade on-line: pesquisa paga

Quando você pensa em publicidade on-line, é bem provável que você esteja pensando em publicidade de pesquisa paga. A pesquisa paga – também conhecida como publicidade paga por clique, ou PPC – é um dos tipos mais comuns e eficazes de publicidade online.

Ilustração do Google AdWords para publicidade on-line

Imagem via Google

A pesquisa paga permite que você lance termos e frases relevantes que podem fazer com que anúncios baseados em texto sejam exibidos aos usuários quando eles inserem consultas de pesquisa específicas no Google ou Bing.

Esses termos e frases são conhecidos como palavras-chave e formam a base da publicidade PPC. Os anunciantes fazem lances para palavras-chave como parte de um leilão de anúncios.

Isso garante que todos os anunciantes tenham uma boa chance de seus anúncios serem exibidos para os usuários, em vez daqueles com os maiores orçamentos de publicidade.

As palavras-chave devem ser altamente relevantes para os seus negócios, organizadas e estruturadas em grupos de anúncios lógicos separados por tipo de campanha e alinhados com o tipo de correspondência correto para serem exibidos aos visitantes certos, no momento certo, para a campanha certa.

Publicidade on-line: Social pago

Embora a pesquisa paga possa ter transformado a publicidade na Internet, o social pago está transformando a web de amanhã.

Anúncios online no Facebook

Imagem via Facebook

As redes sociais continuam sendo o passatempo on-line mais popular para adultos em todo o mundo, e os anunciantes desenvolveram suas estratégias para atingir os consumidores onde eles passam o tempo, principalmente em redes sociais como Facebook e Twitter.

A publicidade social paga funciona de maneira semelhante à pesquisa paga, com a exceção notável de que os anunciantes, e não os usuários, tomam a iniciativa – os anunciantes devem “procurar” por usuários, e não o contrário.

Um dos maiores pontos fortes da publicidade social paga é a granularidade com a qual os anunciantes podem segmentar clientes em potencial, e esse princípio sustenta muitas plataformas e produtos de publicidade social.

Os anunciantes podem segmentar usuários com centenas de parâmetros, desde dados demográficos (como idade, sexo, renda, nível de educação e estado civil) até preferências de navegação e comportamento social.

O Facebook permite que os anunciantes segmentem usuários com base em seu nível
de escolaridade e até em escolas específicas frequentadas.

Os anunciantes também podem segmentar usuários com base nos tipos de páginas e perfis que seguem, no que compram e nas notícias que lêem.

Esses públicos-alvo personalizados podem ser criados a partir de dados de clientes existentes (para criar públicos “parecidos” de usuários semelhantes) a listas de e-mail, com as quais o Facebook e o Twitter podem emparelhar com seus dados sobre esses usuários para revelar maiores insights sobre seu comportamento.

Leia esta postagem do blog para saber o quão específicos podem ser os anunciantes quando se trata de públicos-alvo personalizados – você pode se surpreender com a profundidade que pode fazer.

A ascensão do chamado “marketing de identidade” provou ser a mais recente – e sem dúvida a mais profunda – mudança no marketing digital da década passada, oferecendo aos anunciantes oportunidades inacreditáveis ​​de expandir seus negócios.

Conheça o seu público

Assim como os anunciantes de pesquisa paga precisam realizar pesquisas aprofundadas sobre palavras – chave antes de lançar suas campanhas, os anunciantes sociais pagos precisam conhecer seus clientes ideais por dentro e por fora para garantir que estão segmentando os segmentos de público certos com as mensagens certas. É aqui que as personas dos compradores entram em cena.

A criação de personas de comprador detalhadas para seus clientes ideais permite que você vá além das informações no nível da superfície sobre seus clientes mais fiéis e mergulhe nas opções de segmentação que permitem segmentar seus clientes em potencial com um alto grau de granularidade.

Isso não apenas permite maximizar a eficácia de seus gastos com publicidade, mas também oferece anúncios mais relevantes e direcionados ao seu público-alvo – dados recentes mostram que as pessoas realmente apreciam mais a publicidade on-line quando ela é altamente segmentada e relevante para seus interesses.

Publicidade on-line: elementos da campanha

Há muito mais na publicidade online do que simplesmente colocar um anúncio na Internet e esperar o melhor. As campanhas publicitárias mais eficazes combinam vários elementos interconectados, que desempenham funções exclusivas para maximizar o potencial da campanha.

Nem toda campanha de publicidade on-line terá todos os elementos, mas os seguintes componentes de uma iniciativa de marketing digital serão comuns a muitas campanhas.

Anúncios visuais e de texto

O Google AdWords e o Bing Ads oferecem aos anunciantes a escolha de anúncios baseados em texto ou mais anúncios visuais, como banners.

Os anúncios baseados em texto são frequentemente referidos simplesmente como anúncios PPC, enquanto os banners e formatos de anúncio semelhantes são comumente referidos como anúncios gráficos.

Além disso, plataformas de mídia social como o Facebook oferecem formatos de publicidade altamente visuais que incluem alguma cópia do anúncio, que pode ser pensada como uma combinação de ambos.

Existem dezenas de formatos de publicidade disponíveis para os anunciantes de hoje, permitindo que você escolha o formato e a rede de publicidade mais adequados às necessidades de suas campanhas.

Exemplo de anúncio na Rede de Display do Google para publicidade on-line

Um exemplo de anúncio gráfico na Rede de Display do Google.
Imagem via Google

Páginas de destino

As páginas de destino são páginas da web especializadas e otimizadas para as quais os visitantes são direcionados ao clicar em um anúncio.

As páginas de destino podem apresentar produtos específicos apresentados nos próprios anúncios ou podem incluir solicitações para que os usuários forneçam ao anunciante mais informações, como formulários da Web.

As páginas de destino podem ser usadas para convencer os clientes em potencial a concluir uma ação, como fazer uma compra, ou funcionar como outra etapa de um “funil” mais longo, como solicitar informações adicionais ou fazer o download de um conteúdo para fins de geração de leads.

Rastreamento de chamadas

Para muitos anunciantes, as chamadas telefônicas são a fonte mais valiosa de leads. Por esse motivo, os anunciantes podem optar por rastrear as chamadas telefônicas geradas a partir de campanhas de publicidade on-line.

Conteúdo Patrocinado

Muitos anunciantes optam por utilizar o conteúdo patrocinado como um elemento de suas campanhas de publicidade on-line. O conteúdo patrocinado pode assumir várias formas, desde o conteúdo editorial em estilo de publicidade em sites (conhecido como publicidade nativa ) até atualizações patrocinadas nas plataformas de mídia social.

O Facebook e o Twitter oferecem aos anunciantes esse recurso, com ambas as plataformas apresentando uma ampla variedade de opções de atualização patrocinadas, como as postagens promovidas do Facebook e os tweets patrocinados do Twitter.

Google Analytics

Os anunciantes não publicam simplesmente anúncios na Web e esperam o melhor – eles precisam saber exatamente o desempenho de seus anúncios e de onde vem o tráfego.

É por isso que a análise é um componente crucial de qualquer estratégia de publicidade online. Ferramentas de análise, como as encontradas, oferecem inúmeras informações sobre uma campanha publicitária, desde compartilhamento de impressões e taxa de cliques até custo por conversão e tendências ao longo do tempo.

As ferramentas de análise também são inestimáveis ​​para determinar como os consumidores descobrem e, finalmente, interagem com seu site, um processo conhecido como modelagem de atribuição.

Marketing de email

O email marketing é um dos elementos mais comuns em uma campanha de publicidade online. Alguns anunciantes lançam campanhas somente por email para destacar ofertas específicas por hora ou downloads de conteúdo, enquanto outros usam email para complementar seus outros canais de marketing digital. O marketing por email pode ser altamente eficaz, tornando-o uma escolha popular para os anunciantes de hoje.

Remarketing

Os consumidores raramente descobrem um site e decidem fazer uma compra imediatamente. A jornada do cliente pode ser longa e complexa, e ocorre em vários dispositivos e sites por períodos prolongados.

Por esse motivo, o remarketing se tornou uma das ferramentas mais importantes na caixa de ferramentas de um profissional de marketing digital.

O remarketing permite rastrear os usuários que visitaram seu site – mas não conseguiram converter ou agir – depois que saem do site e veicular anúncios em outros sites.

Isso não apenas aumenta significativamente o reconhecimento da marca, mas também oferece inúmeras outras oportunidades para o usuário revisitar seu site e converter posteriormente. O remarketing pode ser ativado em campanhas de pesquisa e exibição, bem como em iniciativas de publicidade social.

PPC e Social Pago – A Combinação Perfeita

Combinar o alcance da pesquisa paga e a granularidade do social pago é a maneira mais eficaz de maximizar seu retorno do investimento, alcançar novos clientes e expandir seus negócios.

 

Avalie este post
[Total: 1 Average: 5]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!